Atualidade

03 Jul. 2018

O extrato de folhas de morangueiro silvestre (Fragaria vesca), em especial uma fração purificada rica em elagitanina, apresenta elevado potencial para combater infeções provocadas por Helicobacter pylori (H. pylori), uma bactéria que está associada a múltiplas patologias gástricas e alguns tipos de cancro do estômago. As conclusões foram retiradas de um estudo desenvolvido por uma equipa de investigadores das faculdades de Farmácia (FFUC) e de Medicina (FMUC) e da Universidade de Coimbra (UC).

 

03 Jul. 2018

A próxima edição da Semana Digestiva será presidida pelo Prof. Doutor Luís Tomé. Como avança o presidente da Sociedade Portuguesa de Gastrenterologia (SPG), o encontro será organizado pelos serviços de Gastrenterologia da região centro e irá decorrer entre 29 de maio a 1 de junho de 2019, no Marina Hotel Vilamoura.

 

03 Jul. 2018

Condensar quatro dias de intensa partilha de conhecimentos e experiências em vídeo é sempre um desafio. Agora que a Semana Digestiva 2018 chegou ao fim, reviva alguns dos melhores momentos decorridos no Centro de Congressos da Alfândega do Porto, entre os dias 20 e 23 de junho.

 

02 Jul. 2018

“Manual de Urgências em Gastrenterologia” é o novo livro da LIDEL, na Secção Regional do Centro da Ordem dos Médicos (SRCOM). A obra, com a coordenação do Prof. Doutor Pedro Narra Figueiredo, contou com a participação de mais 17 autores, tendo sido escrito integralmente com base na experiência diária dos médicos no tratamento dos seus doentes.

 

02 Jul. 2018

No início de 2018, foi lançado no mercado português, um novo dispositivo médico comercializado pela Norgine que se destina a restaurar a função intestinal naqueles doentes que sofrem alterações, devido à síndrome do intestino irritável (SII), hipersensibilidade intestinal ou após ingestão de alguns medicamentos para alívio e prevenção de sintomas como diarreia crónica ou recidivante, tensão abdominal, dor, inchaço e flatulência, segundo as instruções de uso deste dispositivo médico.

 

02 Jul. 2018

A Janssen divulgou recentemente uma análise dos dados a dois anos da extensão a longo prazo do estudo IM-UNITI do programa de desenvolvimento de ustecinumab. Estes dados demonstraram que dois regimes posológicos de ustecinumab (90mg administrados a cada 12 [q12w] e 8 [q8w] semanas) diminuíram o risco de hospitalização e cirurgia relacionadas com a doença de Crohn (DC) e a necessidade de tratamentos alternativos em doentes com DC moderada a grave, quando comparado com placebo.

 

Apoios

JanssenMylan