Atualidade

Deteção de microplásticos em órgãos humanos está por provar, diz especialista portuguesa

01 Set. 2020

A deteção de microplásticos em órgãos humanos está ainda por provar, tendo sido apenas desenvolvido um método que os pode detetar em laboratório, alertou recentemente a Prof.ª Doutora Filipa Bessa, do Centro de Ciências do Mar e do Ambiente (MARE) da Universidade de Coimbra, e especialista na área dos microplásticos. O alerta surge a propósito de uma notícia divulgada a nível mundial de que pela primeira vez tinham sido encontrados microplásticos em órgãos humanos.

Newsletter

PUB

Agenda

Agenda News Farma

Apoios

JanssenNorgineTakedaViatris