Entrevistas

NeuroGASTRO 2019 chega a Portugal em setembro com “novo modelo” que reúne internos e especialistas de todo o mundo
Dr. Luís Novais, chair local do NeuroGASTRO 2019
13 Fev. 2019

O evento científico NeuroGASTRO 2019, a Biennial Meeting of the European Society of Neurogastroenterology and Motility (ESNM), realiza-se entre 5 e 7 de setembro, no Centro Cultural de Belém, Lisboa. Em entrevista ao My Gastrenterologia, o chair local do evento, Dr. Luís Novais, destaca o "privilégio e desafio" de a capital acolher este encontro, que reúne especialistas de todo o mundo. Assista ao vídeo da entrevista. 

“As doenças do fígado podem ser um veículo de exclusão social”: reunião discute melhor acesso ao tratamento
Prof. Doutor Guilherme Macedo, diretor do Serviço de Gastrenterologia do CHSJ
06 Fev. 2019

“As doenças do fígado podem ser um veículo de exclusão social”, assim como “a exclusão, por si só, pode ser um veículo para o aparecimento de doenças do fígado”. Quem o afirma é o Prof. Doutor Guilherme Macedo, em entrevista ao My Gastrenterologia, a propósito da reunião “A saúde do fígado – populações vulneráveis e a INCLUSÃO”, a decorrer no próximo dia 22 de fevereiro, no Porto. Promovendo o debate entre especialistas, a iniciativa pretende melhorar a acessibilidade aos tratamentos e a sua qualidade, alargando a oportunidade de acesso a mais pessoas. Assista ao vídeo.

 

Simpósio discute ecoendoscopia “do básico ao avançado” num evento com “uma forte componente pedagógica”
Dr. Nuno Nunes, GRUPUGE
06 Fev. 2019

Está marcado para o próximo dia 15 de fevereiro, em Ponta Delgada, Açores, o “Simpósio de Ecoendoscopia: do básico ao avançado”, organizado pelo Portuguese Group of Ultrasound in Gastroenterology (GRUPUGE), num evento com “uma forte componente pedagógica”. Em entrevista ao My Gastrenterologia, o Dr. Nuno Nunes, membro da direção do GRUPUGE, garante que a reunião vai ser “muito útil para quem realiza ecoendoscopia em Portugal”. Assista ao vídeo.

 

Reunião Monotemática SPG 2019: “fomos todos oncologistas digestivos” num evento de “grande sucesso”
Prof. Doutor Rui Tato Marinho, presidente Reunião Monotemática SPG 2019
30 Jan. 2019

A Reunião Monotemática da Sociedade Portuguesa de Gastrenterologia (SPG) 2019 juntou num mesmo espaço os especialistas de Gastrenterologia para discutir o cancro digestivo, num evento em que “todos foram oncologistas digestivos”. Em entrevista ao My Gastrenterologia, o Prof. Doutor Rui Tato Marinho fez um balanço do encontro que presidiu, que afirmou ser “de grande sucesso”. Assista ao vídeo.

 

Gastrenterologistas devem acompanhar os seus doentes “desde o diagnóstico até ao final do tratamento”
Prof. Doutor Luís Tomé, presidente da Sociedade Portuguesa de Gastrenterologia
29 Jan. 2019

Como afirmou o Prof. Doutor Luís Tomé em entrevista ao My Gastrenterologia, “é fundamental que os gastrenterologistas acompanhem o doente desde o diagnóstico até ao final do tratamento”. Durante a Reunião Monotemática da Sociedade Portuguesa de Gastrenterologia (SPG) 2019, o presidente da SPG referiu a necessidade “urgente” de mudar a atitude destes profissionais de saúde, perante os casos de cancro digestivo. Assista ao vídeo.

 

Tratamento do doente com cancro digestivo deve ser feito mediante uma “abordagem multidisciplinar”
Prof.ª Doutora Marília Cravo, Hospital Beatriz Ângelo
29 Jan. 2019

O cancro digestivo envolve, não só oncologistas, mas também gastrenterologistas, radiologistas e todos os outros profissionais de saúde que estabelecem contacto com o doente em alguma fase do processo de doença. Por isso, de acordo com a Prof.ª Doutora Marília Cravo, “é fundamental uma abordagem multidisciplinar” que envolva todas as especialidades, tendo em conta que esta é uma patologia sistémica, “devendo ser tratada como tal”. Assista ao vídeo da entrevista ao My Gastrenterologia, realizada durante a Reunião Monotemática da Sociedade Portuguesa de Gastrenterologia (SPG) 2019.

 

Necessário “criar novas estratégias imunoterapêuticas” no tratamento do cancro digestivo com baixa carga mutacional
Prof. Doutor Bruno Silva-Santos, Instituto de Medicina Molecular João Lobo Antunes
29 Jan. 2019

“A imunoterapia está a revolucionar o tratamento do cancro, nomeadamente nos cancros que apresentam elevada carga mutacional”. Quem o afirmou foi o Prof. Doutor Bruno Silva-Santos. Em entrevista ao My Gastrenterologia, durante a Reunião Monotemática da Sociedade Portuguesa de Gastrenterologia (SPG) 2019, o especialista do Instituto de Medicina Molecular João Lobo Antunes salientou o “grande desafio” que se regista no cancro digestivo, no que a este método diz respeito, uma vez que os doentes com carga mutacional são ainda uma minoria. Assista ao vídeo.

 

Portugal tem registado um aumento da incidência das neoplasias da junção esófago-gástrica
Dr.ª Susana Mão de Ferro, IPO Lisboa
29 Jan. 2019

A abordar as neoplasias da junção esófago-gástrica na Reunião Monotemática da Sociedade Portuguesa de Gastrenterologia (SPG) 2019 esteve a Dr.ª Susana Mão de Ferro, do IPO Lisboa. A escolha do tema recaiu no facto de estas serem “neoplasias cuja incidência tem aumentado nos países ocidentais, incluindo em Portugal”. Assista ao vídeo da entrevista ao My Gastrenterologia.

 

Reunião Monotemática da SPG 2019 representa uma “nova era” no tratamento do cancro digestivo
Prof. Doutor Rui Tato Marinho, presidente da Reunião Monotemática da SPG 2019
22 Jan. 2019

A Reunião Monotemática da Sociedade Portuguesa de Gastrenterologia (SPG) 2019 vai decorrer já neste sábado, dia 26 de janeiro, no Centro Cultural de Belém, em Lisboa, sob o tema do cancro digestivo, que representa “cerca de 1/3 de todos os cancros em Portugal”. De acordo com o Prof. Doutor Rui Tato Marinho, presidente do encontro, “esta é uma nova era em Oncologia”, área em que os gastrenterologistas desempenham um papel muito importante, procurando “aprender e colaborar” com outras especialidades. Assista ao vídeo da entrevista ao My Gastrenterologia.

 

Prof. Doutor Fernando Magro reconhecido com o título de Membro Honorário do GEDII
Prof. Doutor Fernando Magro, ex-presidente GEDII
21 Jan. 2019

Durante a Reunião Anual do Grupo de Estudo da Doença Inflamatória Intestinal (GEDII) 2019, o Prof. Doutor Fernando Magro foi distinguido com o título de Membro Honorário do GEDII, após desempenhar função enquanto presidente durante três anos. O reconhecimento foi recebido com “muito gosto” e de forma “surpreendente”. O especialista fundou, chefiou e expandiu o grupo, liderando a investigação e divulgação no campo da doença inflamatória intestinal (DII). Assista ao vídeo da entrevista ao My Gastrenterologia.

 

Newsletter

Opinião

Expectativas do interno na formação específica em Gastrenterologia
Dr. Tiago Cúrdia Gonçalves, Serviço de Gastrenterologia do Hospital da Senhora da Oliveira, Guimarães
O peso atual da esteato-hepatite não alcoólica na cirrose hepática
Prof. Doutor Mário Reis Álvares-da-Silva, professor associado de Hepatologia, Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Apoios

MylanTakedaNorgine