Opinião

Pancreatite crónica: recomendações do Clube Português do Pâncreas

10 Out. 2018

Pancreatite crónica (PC) define-se como um processo de inflamação contínua que resulta em graus variáveis de fibrose progressiva do tecido pancreático, com consequente perda de função. É mais comumente observada em indivíduos com hábitos tabágicos e alcoólicos pesados. Estudos recentes apontam para uma incidência crescente na última década, muito provavelmente refletindo uma maior sensibilização para a doença e melhor acuidade diagnóstica. A incidência anual relatada varia de cinco a 14 casos por 100 mil indivíduos, com uma prevalência aproximada de 30-50 por 100 mil indivíduos. A PC é até cinco vezes mais frequente nos homens que nas mulheres, e é mais comum na raça negra. A prevalência aumenta com a idade, com uma mediana entre os 50 e 60 anos na altura do diagnóstico. Quando surge em idades mais jovens está habitualmente relacionada com fatores de ordem genética.

 

Por favor faça ou registe-se para aceder a este conteúdo

Newsletter

Opinião

Pancreatite crónica: recomendações do Clube Português do Pâncreas
Dr. Pedro Moutinho-Ribeiro, presidente do Clube Português do Pâncreas
Expectativas do interno na formação específica em Gastrenterologia
Dr. Tiago Cúrdia Gonçalves, Serviço de Gastrenterologia do Hospital da Senhora da Oliveira, Guimarães

Apoios

MylanTakedaNorgine