Newsletter

Atualidade

Portugueses preocupam-se com saúde digestiva, mas poucos procuram especialista
09 Jun. 2021

A maioria dos inquiridos num estudo promovido pela Sociedade Portuguesa de Gastrenterologia (SPG) revela ter cuidado com a sua saúde digestiva, mas apenas 29% consultaram um especialista. Destes, 49% fizeram-no há mais de três anos.

Prémio Cancro Gástrico IPO do Porto distingue investigação sobre biomarcadores prognósticos
09 Jun. 2021
Devido à elevada incidência de cancro gástrico em Portugal, particularmente no Norte do país, e tendo em conta papel da investigação científica na prevenção da neoplasia, o Instituto Português de Oncologia do Porto Francisco Gentil (IPO Porto) criou o “Prémio Cancro Gástrico do IPO do Porto ...
Estudo identifica proteína que pode desbloquear imunoterapia contra vários tipos de cancro
09 Jun. 2021
Um estudo realizado pelo Instituto Francis Crick, publicado na revista Cell, identifica uma proteína que está presente no plasma sanguíneo, e que também é expelida por células cancerígenas, que interfere na resposta do sistema imunológico, bloqueando um recetor dentro das células dendrític ...

Entrevistas

Cápsula endoscópica "é o método com maior acuidade para diagnosticar e avaliar a extensão da doença de Crohn”
Prof. Doutor José Cotter

A cápsula endoscópica “tem aberto perspetivas que se têm repercutido na progressiva melhoria técnica da qualidade deste método”. Quem o afirma é o Prof. Doutor José Cotter, diretor do Serviço de Gastrenterologia no Hospital Nossa Senhora da Oliveira. Em entrevista à My Gastrenterologia, a propósito do Dia Mundial da Doença Inflamatória do Intestino, refere a ausência de invasividade, excelente tolerância e ínfima taxa de complicações como as principais vantagens da cápsula. O Prof. Doutor José Cotter realça ainda que a doença de Crohn deve ser diagnosticada e a pandemia não deve impedir os doentes de se deslocarem aos hospitais. Leia a entrevista na íntegra.

Reportagem

Humanizar e personalizar a atividade do gastrenterologista
Prof. Doutor Rui Tato Marinho, diretor do Serviço de Gastrenterologia e Hepatologia do HSM

“Ao prestamos um serviço nacional único, tentamos com que percebam quem é o gastrenterologista. Por isso, lutamos por humanizar e personalizar a nossa atividade, o que não é fácil. É apaixonante!”. Palavras do Prof. Doutor Rui Tato Marinho sobre o “maior Serviço de Gastrenterologia e Hepatologia do país”, que lidera há pouco mais de um ano e que agora acumula com a presidência da Sociedade Portuguesa de Gastrenterologia (SPG).

 

PUB

Agenda

Agenda News Farma

Apoios

JanssenNorgineTakedaViatris